Os Porto Vintage Symington 2017 são vinhos excecionais.

Os Porto Vintage Symington 2017 são vinhos excecionais.

 (538)    (32)    0

  News

Foi um ano precoce no Douro, o de 2017. E seco, muito seco. A produção baixou muito, mas a maturação das uvas roçou a perfeição. A qualidade do vinho, essa, “é de tal ordem elevada que acreditamos que 2017 será lembrado por ter produzido pequenas quantidades de vinhos incríveis, de assombrosa concentração e intensidade, embora com belíssima compostura e estrutura”. Transcrevemos esta frase do texto de apresentação dos Vintages Symington 2017 por resumir o essencial do que foi dito, na ocasião, pelos representantes desta família “de origem britânica e portuguesa que vive e trabalha no Norte de Portugal desde 1882”, conforme também fizeram questão de sublinhar. Registe-se que, atualmente, dez membros da quarta e da quinta gerações da família trabalham em conjunto nas quatro casas históricas de vinho do Porto: Graham’s, Dow’s, Warre’s e Cockburn’s.

Pela primeira vez, desde a chegada de Andrew James Symington ao Porto em 1882, a família faz uma declaração geral de dois anos Vintage consecutivos, o que diz bem do caráter excecional da colheita de 2017. A razão por que o fez tem paralelo em 1945, ano de boa memória, que deu um dos grandes Portos Vintage. Isso foi determinante para o lançamento de sete vinhos do Porto Vintage (Warre’s Porto Vintage 2017, Cockburn’s Porto Vintage 2017, Dow’s Porto Vintage 2017, Graham’s Porto Vintage 2017, Quinta do Vesúvio Porto Vintage 2017, Capela da Quinta do Vesúvio Porto Vintage 2017 e Graham’s The Stone Terraces Porto Vintage 2017) com a chancela da família, que prometem animar comemorações, convívios, refeições, a sós ou em companhia, por muitos e bons anos.

Cockburn’s Porto Vintage 2017, de cor opaca, quase preta, aroma extremamente complexo, com evidência para as notas de esteva e frutos vermelhos e alguma mineralidade, paladar intenso com excelente fruta, taninos apimentados e uma garra que o prende às papilas gustativas num final interminável. Grande. 


Dow’s Porto Vintage 2017, cor profunda, aroma muito floral, com alfazema e esteva em predomínio e notas de especiarias, paladar encorpado, rico e com estrutura muito elegante, num equilíbrio mágico entre fruta e taninos, perdurando no final de boca seco e harmonioso. Nunca se esquece um vinho destes. 

Graham’s The Stone Terraces Vintage Port 2017, vem de uma parcela de uma vinha. Pequena produção e altíssima qualidade. Cor intensa e profunda, aroma sumptuoso com notas de esteva, flor de laranjeira e de índole tropical, paladar concentrado, opulento, sedutor, com estrutura e equilíbrio perfeitos. Deixa uma sensação de plenitude. 

 (538)    (32)    0

Your comment has been sent successfully. Thanks for comment!
Leave a Comment
Captcha
Facebook comments